E-mail: ostomiasemfronteiras@yahoo.com.br

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Tipos e modelos de bolsa coletoras

As bolsas coletoras podem ser encontradas em diversos tipos e modelos, de acordo com as diferentes necessidades (colostomia, ileostomia e urostomia) e dimensões dos estomas dos ostomizados.


Quando for colostomia ou ileostomia, o ostomizado usará bolsa intestinal para coletar as fezes; e quando for urostomia, utilizará bolsa urinária, para coletar a urina.

 

                             bolsa de colostomia                          bolsa de urostomia

 

 

Em relação à forma de descartar os dejetos, as bolsas coletoras podem ser:

 

 - drenáveis: são aquelas que possuem uma abertura na extremidade inferior por onde são esvaziadas periodicamente. Elas costumam ter maior durabilidade e têm como vantagem a redução das lesões na pele do abdômen, uma vez que a bolsa será trocada menos vezes.

Bolsa de colostomia drenável                   Bolsa de urostomia drenável


- não drenáveis: são bolsas fechadas, e por isso não podem ser esvaziadas. Elas sempre devem ser trocadas quando estiverem com 1/3 de sua capacidade preenchida ou quando for necessário. Como esse tipo de bolsa é trocada com mais freqüência, o constante descolamento pode causar lesões na pele, em volta do estoma.

Bolsa não drenável

Em relação ao conjunto, as bolsas coletoras podem ser:

- de uma peça: quando a placa e a bolsa coletora estão dispostas em uma só peça. Elas costumam ter um preço mais acessível do que as de duas peças e em média duram cerca de 3 dias.

Bolsa peça única

- de duas peças: quando a placa e a bolsa coletora estão dispostas em peças separadas. Nesse modelo, fixa-se a placa no abdômen e depois se encaixa o coletor plástico. Essa disposição facilita as lavagens internas da bolsa, que podem ser feitas desencaixando o coletor plástico da placa. Geralmente, esses modelos são mais caros e duram um pouco mais do que os demais.

Bolsa                               Placa



 Em relação à transparência, as bolsas podem ser:

transparente: quando é possível ver o conteúdo da bolsa coletora;

opaca: quando não é possível ver o conteúdo da bolsa coletora.


Bolsa opaca e bolsa transparente

3 comentários:

  1. Obrigada pelas informações! Foi de grande exclarecimento para algumas dúvidas que eu tinha sobre a funcionalidade das balsas coletoras!!

    ResponderExcluir
  2. gostaria de saber qual fabricante vcs indicam. minha vó foi recém ostomizada mas estamos tendo problemas com a aplicação da bolsa. compramos a de 2 peças pra durar mais, mas quase todo dia temos q trocar pq há vazamento do conteúdo pelo adesivo. não sei pq
    isso ocorre. ela não tem pelos na barriga, nem pele, nem nada q possa atrapalhar a aderência. essa situação é mt desconfortável pra ela, pois fica toda suja. gostaria d asugestao de vcs. obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde!!!!!!
      Pode ser que a sua avó tenha a ostomia retraída e por isso ocorre a infiltração das fezes. Se ela tiver a ostomia retraída, o ideal é ela usar a placa convexa. Se ela não tiver alergia a pasta com álcool, ela pode estar usando também, pois a placa irá grudar melhor na pele. Eu uso a placa da marca hollister, mas o que é bom pra mim, pode não ser pra sua avó. Vocês não precisam comprar as bolsas, pois ela tem o direito de buscar no SUS!!!!!!! Nos lugares onde se pega as bolsas, geralmente tem a enfermeira estomaterapeuta, que pode avaliar qual é a melhor placa para a sua avó!!!
      Estamos a disposição para outras dúvidas!!!!

      Excluir