E-mail: ostomiasemfronteiras@yahoo.com.br

sexta-feira, 12 de abril de 2013

O ostomizado e seu retorno ao trabalho


Christiane e Cláudia Yamada


Assim como em qualquer outra cirurgia, uma pessoa ostomizada precisará de tempo para a sua recuperação e só depois poderá voltar ao trabalho. Porém, antes deverá consultar o seu médico, para saber se já está apto para retornar às suas atividades cotidianas.

As pessoas com ostomia podem realizar a maioria dos trabalhos, porém é preciso tomar cuidado com alguns tipos de serviços que exigem muito esforço físico ou que necessite carregar peso, pois pode causar hérnia ou prolapso. Como por exemplo: motoristas de caminhão ou ônibus, mecânicos, bombeiros, pedreiros... E também é preciso tomar cuidado com serviços que possam expor o ostoma ao calor.

Se a pessoa ostomizada realiza, na empresa, uma atividade que exija esforços físicos, ela pode ser remanejada de cargo, passando a realizar atividades compatíveis a sua condição física, como por exemplo, um cargo administrativo. Além disso, necessitarão de atividades laborais que lhes garantam maior flexibilidade para irem às consultas com a equipe multidisciplinar, além de possibilitarem sua ida ao banheiro, quando necessário.

Por isso, quando uma pessoa ostomizada voltar ao trabalho, é interessante que ela converse com o seu empregador e os seus colegas de trabalho sobre a sua ostomia. Como a ostomia é pouco divulgada na mídia, poucas pessoas sabem o que é, e ao explicar o que significa ser uma pessoas ostomizada, eles passarão a compreender melhor as suas necessidades e dificuldades, melhorando assim o seu relacionamento com as pessoas e evitando situações constrangedoras, como por exemplo o barulho dos gases e  as idas mais frequentes ao sanitário.  Porém muitos preferem esconder a sua condição física com medo de preconceito.

Geralmente, as pessoas ostomizadas têm dificuldades em voltar ao trabalho, pois podem se sentir inseguras para cuidar da ostomia ao mesmo tempo em que trabalha, e tem receio de que aconteça “acidentes com a bolsa de ostomia” durante o período de trabalho.

Além disso, muitos temem ser objeto de curiosidade no ambiente de trabalho e, na tentativa de evitar esta situação, acabam optando pelo afastamento por meio do auxílio-doença ou da aposentadoria por invalidez. Porém, a ausência de atividade laborativa pode levá-los a ociosidade e ao isolamento social, contribuindo para prejudicar ainda mais a sua qualidade de vida.

Muitas vezes, o próprio ostomizado se define como uma pessoa com limites ou com perda da capacidade para trabalhar, e acabam dizendo pra si mesmo que “não é possível trabalhar... não posso ir atrás de um trabalho... não vão me aceitar... não passo no exame médico... se quem tem saúde inteira já não consegue... imagina eu então...”.

O retorno ao trabalho pode ser difícil para um ostomizado, porém é importante que ele não fique preso somente aos seus medos. A volta ao trabalho pode ajudar o ostomizado a se inserir novamente no meio social, além de melhorar a sua autoestima, pois ele se sentirá uma pessoa capaz de realizar atividades, e isso melhorará a sua qualidade de vida.

Portanto, se a pessoa ostomizada tiver condições de saúde é muito importante que ela volte a trabalhar, porém sabe-se que muitas pessoas ostomizadas, quando desempregadas, têm dificuldade de conseguir um emprego devido a sua condição física. Caso o ostomizado se aposente por invalidez, é interessante que ele realize outras atividades, como por exemplo, cursos de artesanatos, culinárias, atividades físicas, pois o contato com outras pessoas é muito importante para que a pessoa tenha uma vida social ativa.

É muito importante, que o ostomizado leve para o local de trabalho um kit com bolsas, placas, pasta, tesoura... tudo o que ela precisa para realizar a troca da bolsa, pois podem acontecer  acidentes inesperados e ser necessário realizar a troca no serviço.


Referências:

United Ostomy Associations of America, Inc. Ileostomy Guide. Accessed at
www.ostomy.org/ostomy_info/pubs/uoa_ileostomy_en.pdf on March 2, 2011.





http://www.inca.gov.br/rbc/n_48/v03/pdf/artigo2.pdf

4 comentários:

  1. Uma pessoa ostomizada pode trabalhar na área da saúde?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline, boa noite!
      Acredito que uma pessoa ostomizada possa sim trabalhar na área da saúde!
      Se no seu serviço vc pegar muito peso, precisar realizar muita força, agachar muito...provavelmente vc terá que ser transferida de área.
      Pergunte ao seu médico, mas acredito que a ostomia não impede vc de trabalhar na área de saúde!
      Bjs

      Excluir
  2. Uma pessoa ostomizado pode retorna ao trabalho em altura, mecânica no meu caso sou trabalhador de energia eólica .. será que meu médico vai fazer eu trabalhar nessas condições??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos, boa noite!
      Não sei te dizer se uma pessoa ostomizada pode retornar ao trabalho em altura, como trabalhador de energia eólica, poder ser que vc precise ser remanejado de cargo!
      Abraços

      Excluir